Arquivo de abril \30\UTC 2011

Novo site sobre quadris – ATV Radical!!

A galera que curte quadriciclos (ATV`s) ganhou um excelente portal de acesso às novidades que estão relacionadas a estes “brinquedinhos” de quatro rodas, é o site ATV Radical, comandado pelos amigos Ângelo e Charles, que são dois apaixonados pelos quadriciclos e estão sempre pelas trilhas de Itabuna.

Confira no endereço http://www.atvradical.com.br/ várias notícias, curiosidades e dicas de segurança e manutenção dessas máquinas!

Novo site sobre quadriciclos... http://www.atvradical.com.br/

Anúncios

, , , , , ,

Deixe um comentário

2ª. Etapa da Copa STC de Enduro Cross Country

, , , ,

Deixe um comentário

[Regularidade 2011] – Regulamento Comentado – “Classificação da Prova…”

Continuando com a nossa série de análises, comentários e discussões sobre o Regulamento do Baiano de Regularidade 2011, abordamos hoje um ponto bastante controverso e que esse ano recebeu uma mudança no texto, que teve a sugestão do Vice-presidente da FBM (Joelton Vieira). O item do regulamento que iremos abordar é nº. 11 – “Classificação da Etapa, da Prova e do Campeonato”. 

Vamos a leitura dos pontos chaves do regulamento e em seguida eu faço os meus comentários:

11- CLASSIFICAÇÃO DA ETAPA, DA PROVA E DO CAMPEONATO
11.1 O Campeonato Baiano de Enduro 2011 será disputado em 12 provas compostas de vinte e quatro etapas, com pontuação (n-2); sendo garantido o mínimo de 05 provas com 10 etapas.

Em 2011 teremos novamente o descarte dos dois piores resultados de cada piloto, para a sua classificação final no campeonato. O regulamento não faz nenhuma resalva ao fato de ser obrigatório ou não que o piloto largue em uma etapa para que possa descartá-la como pior resultado, ou seja, caso o piloto não compareça em uma das provas (02 etapas) do compeonato, poderá excluir essa prova do seu somatório final! Lembrando que no caso de provas que valem por 4 etapas, apenas 02 serão descartadas.

Para a análise a seguir é importante a leitura atenta de dois artigos que estão relacionados (artigo 11.2 e artigo 11.3).

11.2 A classificação em cada ETAPA será definida pelo menor número de pontos perdidos por cada piloto na sua respectiva categoria. Em caso de empate será decidido a favor do piloto que tiver melhor desempenho, ou seja, aquele que tiver maior número de PC’s zerados. Persistindo o empate será decidido, em favor do piloto que tiver melhor desempenho nos PC’s (do último para o primeiro e ainda persistindo o piloto com maior idade terá prioridade).

11.3 A classificação em cada PROVA (premiação com troféu) será definida pelo maior número de pontos ganhos em cada etapa da prova, por cada piloto na sua respectiva categoria. Em caso de empate será decidido a favor do piloto que obtiver melhor desempenho nas duas etapas, ou seja, o piloto mais regular em toda prova (manhã e tarde com a soma dos pontos do primeiro ao último pc válido). Havendo empate de colocações, os critérios serão os mesmos determinados no item 11.2.

Na classificação da etapa não houve mudança significativa, entrando apenas o texto que está entre parênteses.

Por outro lado, na classificação da prova (para efeito de premiação com os troféus), houve uma mudança bem grande em relação ao que foi adotado em 2010 para o caso de empate em número de pontos obtidos no somatório das etapas. Para realizar esse desempate, não será mais adotado o critério que beneficiava o piloto que obteve melhor resultado na segunda etapa (critério adotado pela CBM). Agora, será melhor classificado o piloto que perder menos pontos no somatório da prova inteira (soma das duas etapas do dia).

11.6 A classificação ao final do campeonato, será definida entre os pilotos que participarem de, no mínimo, 50% (cinquenta por cento) das etapas válidas no campeonato.

11.8 A classificação do CAMPEONATO, será definida pelo maior numero de pontos acumulados, obtidos em cada etapa, subtraindo-se do acumulado, os dois piores resultados (critério N-2). Em caso de empate será decidido a favor do piloto que obtiver melhor desempenho no campeonato, ou seja, melhor classificação em cada etapa. Persistindo o empate será decidido, em favor do piloto que tiver melhor desempenho nas etapas, da última para a primeira.

Os artigos 11.6 e 11.8, acima, definem como será a classificação final do campeonato.

Novamente, apenas os pilotos que participarem de pelo menos 50% das etapas válidas do campeonato (ou seja, 12 etapas em 2011), terão seus pontos validados e serão classificados nos arquivos da FBM. Nesse ponto gostaria de fazer uma crítica pessoal, e concordar com o critério adotado pela CBM: qualquer piloto que se filiar e correr apenas uma prova ou etapa pontua e não é descartado do Campeonato Brasileiro, porque tem que ser diferente no Baiano? Será que não haveria uma maior motivação para o piloto continuar competindo? (Deixe sua opinião nos comentários dessa postagem).

O artigo 11.8 traz novamente a referência a possibilidade de descarte dos dois piores resultados, mas não deixa claro se esses resultados são de provas em que o piloto efetivamente participou ou se é possível descartar provas em que o piloto não compareceu. (Aqui também vale uma discussão, o que acham?).

É importante deixar claro que os meus comentários e explicações estão relacionadas ao MEU ENTENDIMENTO pessoal da leitura do Regulamento do Campeonato Baiano de Enduro de Regularidade 2011, que é um documento público, disponível no site da Federação Baiana de Motociclismo (FBM), no seguinte link: http://www.fbm.esp.br/pdf/reg_end_2011.pdf (arquivo em PDF). Ou seja, os meus comentários estão sujeitos a erros de interpretação e jamais serão considerados em qualquer contestação ao documento oficial.

, , ,

1 comentário

Alynne Almeida é a nova Diretora Técnica de Enduro FIM do TCC

A nossa correspondente da região Sul, Alynne Almeida, assumiu um novo desafio em sua meteórica entrada no mundo off road. A piloto de Curitiba, que também é apaixonada por fotografia, assumiu esse mês a Diretora Técnica de Enduro FIM do Trail Clube de Curitiba (TCC).

Em recente entrevista ao site “O Trilheiro“, Alynne Almeida contou um pouco sobre a sua historia de piloto e o desafio de ser a primeira mulher no Paraná a assumir um cargo, que tradicionalmente, sempre foi ocupado pelo sexo masculino.

“O Enduro FIM ainda é uma categoria relativamente nova no TCC, mas vejo no FIM o futuro do nosso esporte. Estou sempre envolvida de uma forma ou de outra porque realmente gosto. Assumir a diretoria é um grande desafio que exige muito trabalho, dedicação e amor ao esporte. Sempre tive uma curiosidade natural em aprender e estou encarando isso como um grande aprendizado sobre regulamento, ranking, organização e conto com o apoio da diretoria do clube” (Alynne Almeida, em entrevista a “O Trilheiro”).

O Itabuna Off Road parabeniza a fera e deseja que Alynne possa trilhar um caminho de sucesso também na Diretoria do Enduro FIM do TCC! 

Confira a matéria na integra: http://www.otrilheiro.com.br/entrevistas.html

Alynne Almeida é a nova Diretora de Enduro FIM do TCC.

Foto: Arquivo Pessoal.

, , , ,

Deixe um comentário

[Vídeo] Cross Country na Neve é Pura Adrenalina

Veja a perspectiva do piloto brasileiro, Vinnie Gonçalves, que corre nos Estados Unidos. O cara é muito bom, chega rapidinho nos adversários que largaram na frente e o som da 2 tempos é arrepiante!!

Assistam…

Veja mais vídeos no Canal StuntCrazy1000c do Youtube.

, , , ,

Deixe um comentário

Deixe um comentário

86% de aprovação para o Enduro Rota do Boi 2011

Logo após a 3ª. prova do Campeonato Baiano de Enduro de Regularidade 2011, o Itabuna Off Road colocou no ar uma enquete convidando os internautas a avaliarem o 6º. Enduro Rota do Boi, prova que aconteceu na cidade de Itapetinga e foi organizada pelo Itapetinga Moto Clube.

A enquete permaneceu no ar durante uma semana e deu a oportunidade de várias pessoas votarem (presume-se que a maioria dos votantes são pilotos que participaram da prova), entretanto, ressaltamos que o resultado de uma enquete, como uma pergunta única, é bastante subjetivo, já que não avalia cada elemento constituinte de uma prova de enduro que, como sabemos, está relacionada a um conjunto complexo de fatores.

Apesar de todas as adversidades (climáticas principalmente), o 6º. Enduro Rota do Boi, recebeu uma avaliação positiva dos votantes ficando classificada como uma prova de “Muito boa” a “Excelente”, tendo recebido quase 90% de avaliações positivas!

Veja abaixo o resultado completo:

Quase 90% de avaliações positivas para o Enduro Rota do Boi 2011

* Obs.: A prova aconteceu no dia 16 de abril de 2011 e a enquete permaneceu no AR entre os dias 16 e 25 de abril de 2011.

, , , ,

Deixe um comentário

Brasileiro de Cross Country em Porto Seguro (BA)

A próxima etapa do Baiano de Cross Country terá um tempero a mais na receita de sucesso que vem sendo a competição em 2011 – Será válida também pelo Campeonato Brasileiro!

Brasileiro de XC em Porto Seguro...

Quer mais? A “festa” será numa das mais badaladas cidades turísticas do país!! Porto Seguro, no extremo-sul baiano, receberá a partir do dia 14 de maio competidores de todo o Brasil para a Copa REVEMAR de XC (3ª. etapa do Baiano e 2ª. etapa do Brasileiro de Enduro Cross Country 2011).

As inscrições já podem ser feitas no site da Federação Baiana de Motociclismo (FBM), no link: http://www.fbm.esp.br/ProxEtapas.cfm – é necessário ser cadastrado ou fazer o seu cadastro – e, promocionalmente até o dia 12 de maio, o valor da inscrição será de R$ 80,00 para qualquer categoria, após essa data e no local do evento, cada inscrição custará R$ 120,00.

Alexandre Formigli #01

Como as categorias do Campeonato Brasileiro e Baiano diferem um pouco, os organizadores avisam que os pilotos que disputam o Baiano na categoria Especial XC1 (Força Livre), TERÃO que se inscrever na Especial XC2 (motos 2T até 200 cc e 4T até 250 cc) para essa prova, sendo seus pontos validados para a sua categoria original (no Baiano). Entretanto, qualquer piloto pode participar de uma ou mais categorias, dependendo da cilindrada e modelo das suas motos.

Nas outras categorias não haverão mudanças, mas como no Brasileiro existe também a categoria Over 45 (para pilotos mais “experientes”), o piloto baiano nessa faixa etária, que não esteja competindo na Over 35, poderá se dar melhor nessa categoria.

Fiquem ligados pois teremos notícias frequentes sobre essa prova inédita!

, , , , ,

Deixe um comentário

Ganhar dinheiro pela internet
Ganhar dinheiro pela internet

Deixe um comentário

[Vídeo] Trilha do domingo de Páscoa!

Esse vídeo aí é para dar uma encorajada e ir fazer uma trilha no domingão de Páscoa… Boa trilha!!

Assistam…

, , , ,

Deixe um comentário

[Vídeo] Abertura do Baiano de Cross Country

O vídeo mostra como foi a largada de quatro categorias na abertura da Copa REVEMAR de XC 2011 e como estava a pista depois das fortes chuvas do dia anterior…

A prova aconteceu em Camacan (BA), no dia 27 de março de 2011, com organização do Bahia Cross Country!

Assistam…

, , , , ,

Deixe um comentário

Copa Extremo Sul de Motocross – Eunápolis – 23 de abril

Deixe um comentário

[Vídeo] Cobertura do Enduro Rota do Boi pelo Itapetinga News

Essa é a melhor vídeo-cobertura de uma prova de enduro que eu já ví!! A edição ficou de alto nível e a narração não comete erros, algo difícil de ver no enduro, já que é um esporte tão pouco conhecido…

Gostaria de deixar meus parabéns para Gilson Vasconcelos e Éditon Silva, do Itapetinga News, responsáveis por esse trabalho incrível!!

Assistam o vídeo…

, , , ,

3 Comentários

[Regularidade 2011] – Regulamento Comentado – “A Vistoria”

O Baiano de Regularidade 2011 já está caminhando para a sua quarta prova do ano (7ª. e 8ª. etapas), entretanto, a cada disputa ainda percebemos algumas dúvidas por parte de pilotos e organizadores sobre alguns itens do Regulamento Geral do Baiano de Regularidade 2011.

É importante que fique claro que este regulamento é público e está disponível a todos no seguinte link: http://www.fbm.esp.br/pdf/reg_end_2011.pdf (em PDF).

A função básica de um regulamento desportivo parece ser clara para a maiorias das pessoas: “dar igualdade de condições a todos os competidores daquela modalidade“. O Regulamento do Baiano de Regularidade, é instituído/reformulado anualmente pela Federação Baiana de Motociclismo (FBM), em Assembléia Geral, da qual qualquer associado tem o direito de participar e opinar. O regulamento de qualquer modalidade esportiva, mesmo as mais tradicionais, está sempre sujeito a mudanças, essa é uma necessidade que está diretamente ligada a nossa própria evolução como seres humanos.

É obrigação de TODOS que participam de competição esportiva conhecer o regulamento dessa competição, temos certeza que todos os pilotos e organizadores já leram e levam sempre consigo uma cópia do regulamento do Baiano de Regularidade 2011! Bom, se não fazem isso, deveriam…

Com o intuito de tornar o tema parte da rotina de pilotos e organizadores das provas do Campeonato Baiano de Enduro de Regularidade, pretendemos, de tempos em tempos, abordar e discutir alguns itens do regulamento geral dessa competição.

Lembramos que o blog é um ambiente de discussão e você pode deixar a sua opinião (e sugestões) nos comentários, assim serão socializadas com outros interessados!

O tema escolhido para hoje foi o item 08 do Regulamento 2011 (Pág. 05) – [VISTORIA]

Antes da largada de cada prova, os competidores devem passar por uma vistoria, o horário não é fixo, sendo definido pelo regulamento complementar de cada prova do campeonato,  o artigo 8.1 estabelece apenas um critério mínimo, caso haja omissão desse ponto no regulamento complementar.

8.1 É obrigatório a presença do concorrente (Piloto e sua Moto) no local de vistoria, no mínimo, 15 (quinze) minutos antes do horário ideal de largada do primeiro concorrente ou conforme determinado no Regulamento Complementar da prova.

Caso não faça a vistoria dentro do horário determinado (e divulgado) pelos organizadores o piloto perde 100 pontos, como explica o artigo 8.2: “O concorrente que não se apresentar para vistoria, em tempo hábil, perderá 100 (cem) pontos, independente da perda dos pontos do PC de largada, se houver“.

O artigo 8.3 relaciona os itens OBRIGATÓRIOS que serão observados pelo vistoriador para cada piloto, que também poderá observa-los no decorrer da prova, a qualquer momento, como define o artigo 8.4.

8.3 São obrigatórios os seguintes itens:
a) Portar a carteira da (FBM, CBM ou RG);
b) Portar capacete contendo, preferencialmente: Nome e tipo sangüíneo do piloto;
c) Piloto estar usando o colete oficial da FBM, calçado com Botas e vestido com roupas resistentes;
d) Moto com identificação padrão da FBM, (números) do competidor.

8.4 É facultado a Direção de Prova e Comissão de Enduro, efetuar vistoria em um ou mais concorrentes, no local de largada ou a qualquer momento no transcorrer da Prova.

No artigo 8.5 observamos que o vistoriador deverá usar o “bom senso”, ou seja, o seu critério pessoal “caso entenda, não apresentar a moto ou o piloto, condições mínimas de segurança”. Veja abaixo a íntegra desse artigo:

8.5 O vistoriador observará todos os itens exigidos, ficando a seu critério permitir ou não a largada ou continuação da prova, caso entenda, não apresentar a moto ou o piloto, condições mínimas de segurança.

Todavia, a falta de um ou mais itens obrigatórios NÃO acarretará perda de pontos por parte do piloto, sendo esta falta anotada em sua ficha pessoal onde, na terceira ocorrência (para um mesmo item), o piloto NÃO poderá largar. Essa regra está definida no artigo 8.6, que não deixa claro se existe diferença entre “itens obrigatórios” e “itens de segurança”. Pode ser que no entendimento de alguns pilotos, o porte da carteira da FBM, colete numeral e adesivo padrão da FBM com o número do competidor, não represente um comprometimento à segurança, diferentemente do nome e tipo sanguíneo no capacete, botas e roupas resistentes. Aqui será utilizado novamente o que está definido no artigo 8.5, ou seja, o critério do vistoriador.

8.6 Caso o vistoriador constate a falta de um ou mais itens obrigatórios, o piloto será informado e realizada anotação na sua ficha pessoal junto a Comissão de Enduro sobre o item em desacordo com o Regulamento. Na terceira observação (para um mesmo item), dirigida a um mesmo piloto, este não poderá largar, por repetir em três provas distintas a mesma falta, ou seja, a falta de um ou mais itens de segurança. Caso o piloto insista em largar, será desclassificado desta prova independente de outras punições cabíveis.

a utilização correta do capacete é um ponto de extrema importância no motociclismo, sendo o seu uso incorreto (ou a falta dele), definida pelo artigo 8.7 do Regulamento Geral, que prevê uma elevada perda de pontos para o piloto que infringe essa regra.

8.7 O piloto que for flagrado sem o uso correto do capacete, no transcorrer da prova, será penalizado em 900 pontos. Em caso de reincidência numa mesma prova, perderá 1.800 pontos, independente de outras punições.

A redação do artigo deixa uma dúvida de interpretação, pois a perda de pontos só poderá ser aplicada ao “piloto que for flagrado sem o uso correto do capacete, no transcorrer da prova […]“, portanto, considerando que a prova se inicia na LARGADA da primeira etapa do dia e é encerrada na CHEGADA da segunda etapa, não haveria perda de pontos nos casos de pilotos transitando sem o capacete em outros momentos, como na sexta-feira à noite, nas inscrições, ou no sábado à noite, quando ocorrem as premiações, o que enterraria de vez um grande mito relacionado ao enduro de regularidade baiano… Por outro lado, independentemente de outras decisões, cabe ao PILOTO utilizar o BOM SENSO e pilotar sempre com equipamentos de segurança!

O que achou dessa análise? Participe, comente, deixe sugestões nos comentários dessa postagem…

, , , ,

Deixe um comentário

[Vídeo] Enduro Rota do Boi 2011 – Prévia do DVD!

Veja abaixo o primeiro vídeo do Enduro Rota do Boi 2011, que aconteceu em Itapetinga (BA), no último dias 16 de abril, válido pelas 5 e 6 etapas do Baiano de Regularidade.

Segundo Léo Morcegão, “é só a prévia do DVD que estará disponível na próxima prova, em Itaberaba”.

Assistam…

, , ,

1 comentário

%d blogueiros gostam disto: