ENDURO de REGULARIDADE para INICIANTES

 

“O bom piloto está segundos à frente, sem andar adiantado” (Cassius V. Fernandes)

1. CONVITE
2. INSCRIÇÃO
3. BRIEFING
4. PLANILHA
5. VISTORIA e LARGADA
6. AFERIÇÃO
7. A PROVA: Roteiro
8. A PROVA: Navegação
9. ESTRATÉGIA
10. DICAS
11. RESULTADO
12. PÓS-PROVA

1. CONVITE (Cartaz, site, e-mail e etc)
• Cadastre-se no Trail Clube de sua cidade e receba os convites dos eventos.
• É hora de juntar as tralhas (equipamento de segurança, equipamentos de navegação…).
• Verificar os equipamentos de navegação (odômetro, botoeira, cabo de velocímetro…).
• Verificar a moto (revisão: óleo, relação secundária, cabos, manetes…).
• Sanar aquele problema que apareceu na última trilha.
 2. INSCRIÇÃO
• Antecipar a inscrição ajuda na organização.
• Prestigie quem incentiva o nosso esporte. Faça a sua inscrição pessoalmente na loja credenciada.
• Preencha a ficha de inscrição corretamente (evita erros na pontuação do ranking  e no e-mail).
• Apresente a carteira da sua filiação na CBM ou recibo.
• Leia o regulamento particular.
 3. BRIEFING
• Compareça ao briefing.
• Características da prova.
• Alterações e esclarecimentos sobre a prova.
• Informações e dicas importantes sobre determinado local ou situação.
• Média de tempo seco ou molhado.
• Confira a programação de seu equipamento (último trecho: nº, média, hora de prova).

4. PLANILHA
• ENDURECAR (passar fita durex ATRÁS da planilha, p/ não rasgar c/ a tração do Road Book).
• GRIFAR:
– Observações importantes (ex.“pela direita”, “por trás da árvore”…).
– Neutralizados.
– Mudanças bruscas de velocidade (média de 50 km/h cai para 15, ou o contrário).
– Curtas distâncias entre uma referência e outra (10 ou 20 metros. DICA – desenhar numa só).
– Saídas da principal.
– Risque os tempos das outras categorias.

 5. VISTORIA e LARGADA
• Pegar a sua hora ideal de largada (hora, min e segundo que você larga);
• Acertar o relógio da máquina ou o seu relógio de prova c/ a hora oficial da prova (hora do dia = relógio do organizador);
• Digitar estas informações no Equipamento. No caso do Compass (F + CRONO);
• Digita: TRECHO 1 + ENTRA e espera a largada;
• Alongue-se.
• Momentos antes da largada, concentre-se no que tem a fazer. Tente controlar a ansiedade e concentre-se nas primeiras referências após a largada. “Pedir proteção” ajuda bastante p/ baixar a adrenalina.
• No ponto exato da largada: TRECHO 1 + ENTRA novamente;

6. AFERIÇÃO
• Depois do relógio, o odômetro exerce a função mais importante p/ a navegação.
• A aferição deverá ser feita na maior distância possível.
• No ponto exato do início da Aferição: TRECHO “X” + ENTRA (X é o nº do trecho da aferição);
• Faça o deslocamento sem mexer no odômetro, por mais que tenha diferenças.
• No ponto exato do final da Aferição: AFERE + ODÔMETRO INDICADO na planilha + ENTRA.
Pronto, seu equipamento está aferido c/ o do organizador.
• A aferição só é possível instantaneamente aos equipamentos digitais aferíveis.
• Aos odômetros mecânicos, resta a calibragem dos pneus.

7. A prova: ROTEIRO
• Na teoria, tudo o que você precisa está na planilha.
• Odômetro = proximidade. Nem sempre é preciso.
• Tulipa: atenha-se ao desenho.
• Interprete o desenho. Conte as pernas. Observe as indicações e compare-as c/ a situação real.
• Uma referência de cada vez. Concentre-se apenas na próxima.
• Erros comuns: olhar a tulipa errada e/ou seguir outro piloto.
• Planilhe segundo a SUA própria interpretação.
• Se não há referência, siga sempre ppal (pela principal).

 8. A prova: NAVEGAÇÃO
• Navegação = roteiro + controle de tempo.
• Se você já:
–  os itens importantes;
– observou as referências críticas;
– acertou seu relógio de prova;
– aferiu seu odômetro.
• Basta agora seguir uma ref. de cada vez.
• Não esqueça que você tem que ter em mente toda referência tem PC.
• Procure manter o seu odômetro marcando em cima da referência.
• Navegar c/ máquina = manter o odômetro batendo e tentar andar no ZERO
• Navegar s/ máquina = referências calculadas. Compara-se o tempo do relógio com o tempo da referência na planilha

 9. ESTRATÉGIA
• O Enduro é um jogo de resistência e conquista.
• A cada trecho, uma etapa vencida.
• Você mesmo tem as suas estratégias.
• Assim como se ganha por uma estratégia bem sucedida, tudo pode vir abaixo se a opção for equivocada.
• O grande mal do malandro é achar que os outros são burros. Lembre-se que todo diretor de prova é um estrategista.
• Saber como um organizador pensa é um grande trunfo. Ajude a organizar.
10. DICAS
• Um ou dois dias antes da prova, se puder se alimentar com muito mais carboidrato (massas) do que proteína (carne), isso vai lhe dar mais gás e resistência.
• Se você sente câimbras durante a prova, não adianta sair comendo banana no neutralizado pq, na maioria das vezes, a câimbra é causada pela desidratação e não pela falta de potássio. Portanto, beber pequenos goles antes, durante e depois da prova é muito importante.
• No ENDURO deve-se seguir a planilha, de acordo com a sua própria interpretação, e não a dos outros. Não siga os outros.
• Muita atenção nas referências e no campo das observações da planilha, pois a sua precisão pode ser “+” ou “-” 50 m, dependendo da precisão do levantamento e das condições climáticas.
• Nunca confie cegamente na precisão de um odômetro onde a referência segue em frente por uma principal. Estes erros de odômetro costumam “passar batido” nos experimentais e não são corrigidos. Caso haja diferença de odômetro numa situação destas, tenha em mente esta diferença, mas aguarde sempre uma próxima referência para se certificar e corrigir.
• Ande sempre na sua mão direita da estrada ou carreiro.
• Não exija muito da moto. Não insista nos sufocos, acelerando desnecessariamente. Aprenda a poupar a moto durante a prova e a se poupar também, para que ambos concluam “inteiros” a prova.
• Em caso de filas para ultrapassar algum subidão, mantenha a distância e tente dar o maior espaço que puder do piloto da frente e assim q se certificar que não há motos paradas no seu trajeto, prossiga.
• Use um Computador de Bordo do tipo TOTEM ou Compass se você quiser uma navegação mais precisa. Estes equipamentos são programáveis e mostram instantaneamente ao piloto se ele está atrasado ou adiantado. Zeram automaticamente e substituem o relógio, cronômetro e odômetro.
• Quando o momento for crítico, pense sempre que um piloto normal estaria desistindo nesta hora, mas que você não é um piloto normal e por não desistir neste momento, acabou de ganhar uma ou mais posições.
• Não esqueça de se divertir.
11. RESULTADO
• Estude o relatório de passagens nos PCs (boleto).
• Erros acontecem, verifique e recorra, se for o caso.
• 20 minutos p/ recurso (ou de acordo com o regulamento).
12. PÓS-PROVA
• Onde e porque errei.
Saber perder não significa admitir que o outro É melhor, mas sim, que ele FOI melhor. E acima de tudo SABER PERDER é saber tirar proveito do erro, reconhecendo-o. Só assim você não errará novamente.
• Critério e Dedicação.

“A repetição é a mãe da habilidade”. (T. Robbins)

“Estar segundos à frente, sem andar adiantado” é isso. É entender que no enduro de regularidade, ganha quem perde menos. E perde menos aquele que sabe identificar e eliminar as possibilidades de perder, antes mesmo da prova acontecer.”

By Cassius V. Fernandes

Anúncios

, ,

  1. #1 por Fábio Agnoletto em 31/05/2011 - 13:41

    PARABÉNS CASSIUS E ALYNNE PELAS DICAS. MUITO BOM MESMO.
    ABRAÇOS

  2. #2 por Vinícius Eça em 31/05/2011 - 20:57

    Muito legal esse artigo!!

    Recomendo uma boa leitura dele a todos os pilotos… não só iniciantes, mas pilotos graduados também acabam cometendo muitos erros que poderiam ser facilmente evitados!!

    Parabéns ao Cassius e a Alynne pela contribuição sem preço ao enduro de regularidade!!

    Abração!!

  3. #3 por Negabinha em 01/06/2011 - 08:31

    Já dei minha lida!! vou imprimir e levar para todos enduros. Sempre é bom relembrar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: